Livre-se das pulgas no seu animal de estimação

pulga 

Pulgas são parasitas que se alimentam do sangue de cães e gatos, prejudicando gravemente o seu bem-estar. É fundamental dar prioridade à sua prevenção - fique aqui a par de todos os cuidados a ter.

Como é que os animais apanham pulgas?

Estes parasitas picam em média 10 vezes por dia. Cada picada irrita a pele do seu animal, causando-lhe muita comichão e mal-estar.

Podem chegar ao seu animal de diversas formas. A principal forma de infestação dá-se através do ambiente onde os animais se encontram, onde existem os chamados “locais de eclosão”, locais onde se encontram os casulos (microscópicos), provenientes dos ovos. Note que, apesar dos ovos serem postos no pelo do seu animal, estes caem ao chão nas primerias 2 horas após postura, o que faz com que sejam encontrados nos vários locais por onde o animal tenha passado.

O ciclo de vida das pulgas

As pulgas passam por quatro estádios de desenvolvimento: ovo, larva, casulo ou pupa e adulto. Mas apenas no estado adulto são consideradas parasitas e se encontram nos animais.

A duração do seu ciclo de vida é fortemente influenciada por fatores ambientais, uma vez que as condições ideais para o seu desenvolvimento e reprodução são conseguidas através da combinação de temperatura e humidade elevadas (28ºC e 80%, respetivamente) - daí a sua atividade reprodutiva se intensificar na primavera e verão. Saiba mais informações acerca do ciclo destes parasitas no nosso site, através do seguinte link: http://www.frontline.pt/Pulgas-e-carra%C3%A7as/Pages/pulgas.aspx

como eliminar pulgas 

Como é que as pulgas afetam a saúde dos seus animais

Para além da irritação, estes parasitas podem também ser responsáveis por uma série de doenças que afetam quer animais, quer humanos.

Devido à picada destes parasitas, geralmente os animais tornam-se inquietos e, em alguns casos, poderão causar lesões em si próprios como mecanismo de defesa. Em alguns cães e gatos, o contacto com a saliva das pulgas poderá desencadear uma reação alérgica, causando irritação e, caso o animal se coce intensamente, poderão também surgir lesões inflamatórias na pele (dermatites), bem como perdas de pelo. Para além destes efeitos, a pele do seu animal poderá tornar-se, progressivamente, mais seca e escamosa.

As pulgas são hospedeiros intermediários e vetores de transmissão de certas doenças que afetam, não só os animais, mas também os seres humanos. Entre as doenças mais importantes que o seu animal poderá contrair através destes parasitas encontram-se a ténia intestinal e um microrganismo do sangue que causa anemia felina infeciosa.

Como identificar pulgas no seu animal

Nota que os seus animais se coçam de forma compulsiva? Se sim, é provável que tenham pulgas, pois este é um dos efeitos principais das suas picadas.

Para além deste sinal, existem outros claros, indiretos, da presença destes parasitas, como a presença de partículas minúsculas de cor castanho-escuro ou avermelhada no pelo do seu animal (as fezes das pulgas). É também comum encontrar pequenas manchas vermelhas na pele, devido aos ferimentos causados por estes.

pulgas em gatos pulga cachorro

Elimine as pulgas do ambiente doméstico

Para conseguir combater este parasita deve precaver-se e deixar o ambiente de sua casa o mais limpo possível.

As pulgas adultas vivem no seu animal e vão colocando ovos que caem do pelo para qualquer local por onde este passe. Se acontecer dentro de casa, os ovos (microscópicos) eclodem para larvas (não visíveis a olho nú), que se movem rapidamente, escondendo-se em determinados locais da sua casa. Deverá ter ainda em conta que apenas 5% do problema reside no animal de estimação: 95% deste encontra-se em diferentes locais de sua casa e é muito difícil de debalar de um dia apra o outro.

Assim, deverá tomar determinadas medidas específicas para combater este parasita. Quais?

Higienize os locais de repouso dos seus animais

  • Os locais onde os seus cães e gatos repousam são locais bastante propícios a terem ovos de pulgas. Deste modo, deverá lavá-los regularmente;

Livre a sua casa de pulgas

  • Estes parasitas poderão estar presentes em almofadas, tapetes, sofás, frinchas no soalho, rodapés ou quaisquer outros locais do pavimento e paredes que ofereçam condições adequadas de temperatura e humidade ao seu crescimento e reprodução;

Desparasite durante todo o ano

  • As pulgas estão mais presentes durante a primavera e verão, pois é a altura em que a sua atividade reprodutiva se intensifica. No entanto, para prevenir que ataquem, deverá levar a cabo a desparasitação durante o ano; Só tratando o animal conseguimos ter uma acção mais eficaz no abiente contaminado.

Adote um programa de controlo mensal

  • Aplique uma pipeta de Frontline® Combo adequada ao peso do seu animal na zona do cachaço, uma vez por mês. Não se esqueça que deverá inspecionar o pelo do seu cão ou gato depois de cada ida à rua, para que o risco diminua ainda mais; Deste modo, de cada vez que eclodir uma pulga do ambiente, esta irá morrer antes de pôr novos ovos e assim não recontaminará o ambiente. Frontline® combo contém um principio activo próprio para as formas larvares das pulgas.

Preste atenção ao pelo do seu animal

  • Mesmo seguindo um programa Frontline® adequado, deverá inspecionar o pelo do seu animal de estimação regularmente para conseguir detetar, antecipadamente, a eventual presença de pulgas;

Dê sempre o melhor de si ao seu animal com a proteção 100% eficaz de Frontline®.

Para mais informações sobre os nossos produtos, e para saber de que forma estes ajudam a proteger o seu animal, consulte o nosso site.

​​​​​